23/12/14

Aromas do meu Natal Tradicional








Pelo sonho é que vamos - Sebastião da Gama

A Noite de Natal, Sophia de Mello Breyner Andresen


O Natal da Joana e do Manuel

Concurso Literário "Outono Vivo"

Três alunas da escola Secundária Vitorino Nemésio ganham concurso literário de "Outono Vivo" sobre o tema: "Baluartes da Liberdade"


1º Lugar

2º Lugar


3º Lugar


Júri com os vencedores das categorias A e B

O Presépio


Tradições de Natal




A palavra Presépio deriva do latim praesepium, que quer dizer curral, estábulo ou lugar de recolha de gado.
Conta a tradição católica que o presépio teve origem surgiu no séc. XIII, em Úmbria (região da Itália central). Foi S. Francisco de Assis que, com a permissão do Papa, criou um presépio com figuras humanas e animais, recreando o local de nascimento de Jesus, que serviu de pano de fundo para a missa de Natal desse ano. Esta representação teve tanto sucesso, que se tornou numa referência Cristã, representativa do Natal, em quase todo o mundo.
Em Portugal, o presépio tem tradições muito antigas (por volta do séc. XVII). É colocado no início do Advento sem a figura do menino Jesus, que será posta na noite de Natal, após a missa do galo. O presépio é desmontado no dia seguinte ao Dia de Reis.
Na tradição Portuguesa, as figuras que se colocam no presépio, além da Sagrada família (S. José, Maria e o Menino Jesus), dos pastores e alguns animais, e dos três Reis Magos, também encontramos figuras como o moleiro e o seu moinho, lavadeiras, membros de um rancho folclórico e outros personagens típicos da cultura portuguesa. Tradicionalmente feito de barro, podemos encontrar ainda peças de diversos materiais, desde tecido ou madeira até porcelana fina.

Panis Angelicus



Panis angelicus
Fit panis hominum;
dat panis coelicus
Figuris terminum
O res mirabilis!
Manducat, dominum

Pauper, pauper
Servus et humilis
Pauper, pauper
Servus et humilis


Panis angelicus
Fit panis hominum;
dat panis coelicus
Figuris terminum
O res mirabilis!
Manducat, dominum!

Pauper, pauper
Servus et humilis
Pauper, pauper
Servus et humilis









Convívio de Natal 2014 na ESVN


A confraternização do Natal  juntou muitos voluntários e sorrisos!